COVID-19

Terminal Hidroviário de Belém retoma viagens para os municípios do Marajó

Terminal Hidroviário de Belém retoma viagens para os municípios do Marajó

Terminal Hidroviário de Belém retoma viagens para os municípios do Marajó

Terminal Hidroviário de Belém retoma viagens para os municípios do Marajó

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

O Terminal Hidroviário de Belém (TBH) voltou a operar viagens de embarcações e passageiros nesta quinta-feira (18), após o fechamento de três dias em função do decreto governamental nº 1.310, que determinava a proibição do tráfego entre o Marajó e a região metropolitana de Belém no período do carnaval.

As atividades ficaram suspensas desde o dia 12 de fevereiro, para prevenir aglomerações na data festiva. Durante a pausa, o equipamento passou por desinfecção sanitária e, com o retorno, as medidas de proteção contra o coronavírus estão reforçadas.

“O Terminal Hidroviário volta à sua normalidade para com as suas viagens com destino ao Marajó e recebendo de Macapá e Santarém. No período em que ficou fechado, aproveitamos para fazer a desinfecção mais intensa e alguns ajustes de rotina”, informou Abraão Benassuly, presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH).

O Terminal oferece 10 embarcações diárias para a ilha do Marajó, com 20 operações entre embarques e desembarques de aproximadamente 1.700 usuários rumo ao arquipélago, o correspondente a 80% do público do local. Além da higienização nos ambientes, os estoques de álcool gel foram renovados.

O funcionamento do espaço é das 6h às 20h, todos os dias, com oito linhas fluviais, sendo seis intermunicipais e duas interestaduais. Ao todo, 21 embarcações atendem as linhas, que são oferecidas por 11 empresas de navegação.

As intermunicipais fazem o trajeto Belém-Camará-Belém; Belém-Soure/Salvaterra-Belém; Belém-Cachoeira do Arari-Belém; Belém-Santa Cruz do Arari-Belém; Belém-Ponta de Pedras-Belém e Belém-Mocajuba-Belém. Já as interestaduais operam o percurso Belém-Macapá-Belém e Belém-Manaus-Belém.

Essas linhas atendem ainda 20 localidades entre os estados do Pará, Amapá e Amazonas. São elas: Almeirim-PA, Belém-PA, Breves-PA, Cachoeira do Arari-PA, Camará-PA, Gurupá-PA, Itacoatiara-AM, Juruti-PA, Macapá-AP, Manaus-AM, Mocajuba-PA, Monte Alegre-PA, Óbidos-PA, Parintins-AM.

As viagens para o Amazonas continuam suspensas devido ao decreto 800/2021, já as do Amapá seguem normalmente. 

Protocolos de Saúde – Desde o início da pandemia, no ano passado, a CPH vem atuando com fiscais que prestam auxílio aos usuários, nos turnos manhã e tarde, orientando sobre o uso da máscara, utilização do álcool gel e distanciamento social de segurança, para evitar a contaminação pela Covid-19. Todos os usuários que chegam ou partem via THB passam por aferição de temperatura e são orientados por técnicos em saúde da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Além da higienização dos espaços, sinalização de poltronas, a CPH emite avisos sonoros sobre a importância das medidas de segurança.

Fonte: Agência Pará

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin