O índice de criminalidade vem apresentando redução não apenas na Região Metropolitana de Belém, mas também em 74 municípios do Estado, que há mais de 30 dias consecutivos não registram ocorrência de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI). Os números representam mais de 50% das 144 cidades do Pará que estão com queda nos índices de criminalidade.

Os dados foram apresentados pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado (Segup), nesta quarta-feira (12), por meio da Secretaria de Inteligência e Analise Criminal (Siac), que computou as informações referentes ao período de 4 de janeiro a 9 de agosto de 2020.

As cidades de Santa Isabel do Pará e Breves estão na lista dos municípios que há mais de 30 dias não registram casos de crimes violentos no Estado. Em Santa Isabel, a redução no índice de homicídio atinge 59%, comparado com o ano anterior, quando foram registrados 22 casos. Já em 2020, o município registrou 9 ocorrências do crime. Breves alcançou uma redução de 50% na taxa de homicídio em relação ao ano passado, quando foram registrados 10 casos. Em 2020, foram computados 5 ocorrências.

Segundo o secretário de Segurança Pública do Estado, Ualame Machado, a queda é inédita levando em consideração os dados desse tipo de crime em cidades que, historicamente, registravam aumento na criminalidade.

“Dos 144 municípios do Pará, 74, ou seja, mais de 50%, passaram mais de 30 dias sem registro de Crimes Violentos Letais Intencionais, que são os que levam a morte como o homicídio e latrocínio. Algumas cidades estão próximas de alcançar mil dias sem ocorrências desses crimes. Entre esses municípios estão cidades que eram conhecidas pelo número de casos de homicídio, a exemplo de Santa Isabel do Pará e Breves, que são municípios que figuram nessa lista com um potencial de habitantes considerável e que antes não conseguiam ficar tanto tempo consecutivo sem apresentar ocorrências graves”, avaliou o titular da Segup.

O secretário pontuou ainda a presença das forças de segurança nessas localidades e a estratégia de integração, somada a atuação da inteligência para atingir os resultados favoráveis em todo o Pará.

“Com o trabalho que nossa equipe vem desenvolvendo em vários pontos do Estado, estamos conseguindo atingir esses resultados positivos, não somente na Região Metropolitana, mas também em municípios como Santa Isabel do Pará, onde fica localizado o Complexo Penitenciário de Santa Isabel, que abriga mais de 6 mil detentos, já passou por crises agudas da segurança pública e hoje pode perceber esse resultado. Esses números nos deixa com a certeza de que o trabalho de integração, juntamente com a atuação da inteligência, está no caminho correto, mesmo tendo a consciência de que precisamos avançar ainda mais para conseguir garantir a segurança e tranquilidade da população paraense”, avaliou Ualame.

Por Walena Lopes (SEGUP) / Agência Pará