O Instituto de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (IESP), vinculado à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), retomou as aulas presenciais na terça-feira (8), adotando todos os protocolos exigidos para a prevenção à Covid-19. O primeiro dia de atividades foi marcado por uma aula inaugural que contou com a presença do titular da Segup, Ualame Machado, e do diretor-geral do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, Celso Mascarenhas.

As aulas iniciadas do CPC Renato Chaves compreendem os cursos de Perito Médico Legista, Auxiliar Técnico de Perícia e Formação em Perito Criminal. Além dessas turmas, os alunos do Curso Superior de Polícia e Bombeiro Militar (CSPBM) que estavam realizando aulas de forma remota também retornaram a modalidade presencial. 

Estrutura – Para reduzir a quantidade de alunos por sala de aula, houve o aumento no número de turmas. Três salas são destinadas para os cursos do Centro de Perícias Criminais Renato Chaves, e mais 14 serão destinadas ao cursos do Detran, para atender a necessidade do distanciamento social, e que iniciarão na próxima segunda-feira (14). As aulas do Curso Superior de Polícia e Bombeiro Militar, que estava em andamento pelo módulo EaD desde o dia primeiro de julho, serão realizadas no auditório do IESP.

Os cursos de saúde e segurança pública foram os primeiros autorizados ao reinício das aulas, de acordo com o decreto publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), no dia 7 de agosto.

“Assim como os policiais militares e os bombeiros que já estavam no processo de formação, agora será a vez dos aprovados no concurso do CPC Renato Chaves iniciarem esse processo de aprendizagem. Os futuros servidores integrarão as cinco unidades do Centro de Perícias no Estado. Eles estão participando do curso de formação no IESP, distribuídos em grupos de 50 alunos ao cargo de perito criminal, 11 para auxiliar técnico de perícias e 32 ao cargo de perito médico legista, sendo cinco destes, destinados à psiquiatria forense”, explicou o secretário Ualame Machado. 

Para o diretor do IESP, Coronel Antônio Bentes, a retomada das aulas presenciais é fundamental para a formação prática destes profissionais da área da segurança pública. “O governo do Estado está saldando uma dívida importante para com a sociedade, que é a nomeação de peritos criminais, médicos legistas, agentes de trânsito, e que a gente acredita que até o final do ano já estarão nas suas atividades laborais, nomeados pelo governo do Estado. São cursos importantes porque requerem a parte prática do processo de ensino e aprendizado”, finalizou.

Por Aline Saavedra (SEGUP) / Agência Pará